skip to Main Content

Câncer de pele – não melanoma

Câncer De Pele – Não Melanoma

Os tumores de pele (não melanoma) são muito frequentes na população e na maioria das vezes está associado a uma exposição solar de longa data.

O tipo mais comum é o carcinoma basocelular que geralmente acomete áreas fotoexpostas em indivíduos com pele mais clara. Apesar de caráter maligno, é um tumor que cresce lentamente e raramente apresenta metástases. O tratamento é primordial para evitar que o crescimento do tumor atinja pele e tecidos próximos.

Pode aparecer como mancha, ferida que não cicatriza, nódulos com aspecto brilhante entre outros. Por isso, o check up com dermatologista é necessário para reconhecer a doença logo no início.

O segundo tipo mais comum é o carcinoma espinocelular que é um tipo um pouco mais agressivo que carcinoma basocelular. Ele também está relacionado com exposição crônica solar mas também pode ter relação com pacientes que foram submetidos a transplante de órgãos e fazem uso de medicação imunossupressora.

Pode aparecer na pele sã ou vir de alguma lesão pré maligna existente como queratose actínica.

O tratamento na maior parte dos casos é cirúrgico, mas há outras modalidades possíveis como criocirurgia e terapia fotodinâmica.